Moção de Repúdio à reitoria da UFPR

O coletivo Outros Outubros Virão assina a moção de repúdio encaminhada pelos companheiros do Diretório Acadêmico Nilo Cairo, do curso de medicina da UFPR, e se dispõe a construir junto a luta contra as deliberações abusivas e deslegitimantes por parte da reitoria em relação ao movimento estudantil, dessa vez ao, mais uma vez, tentar expulsar o DANC de sua sede.

Moção de repúdio à reitoria da Universidade Federal do Paraná


Nós do Diretório Acadêmico Nilo Cairo, do curso de medicina da UFPR, queremos denunciar algumas práticas da reitoria de nossa universidade em relação à organização e existência do movimento estudantil combativo. Desde o fim de janeiro estamos recebendo pressionamentos,  formais e informais, da reitoria por meio da diretoria do Setor de Ciências da Saúde para que desocupemos o prédio que sedia o DANC, com a justificativa de que o local está insalubre e que é necessária a nossa saída para realização da reforma.

A real situação do prédio nos é conhecida muito bem, visto que somos nós que estamos lá diariamente, e que há pelo menos sete anos estamos pedindo à reitoria algumas reformas necessárias para garantir a segurança do local (reforma da fiação, troca de vidros quebrados,
presença de um funcionário da limpeza, manutenção do elevador, etc). No entanto, conseguimos poucas coisas nesse período, praticamente nada, e até agora tentaram nos acalmar com projetos de reformas que nunca saíram e nem nunca sairão do papel.

Recentemente recebemos um aviso de que devíamos sair do prédio urgentemente. Esta situação beira a piada de tão caótica, uma vez que este caráter de urgência se estende há anos – pois o prédio não recebe manutenção há décadas – e está sendo pautado como urgente há meses através de ofícios nas mesas dos pró-reitores. Há poucos dias fomos avisados oficialmente deste “despejo”. E dessa forma é que a universidade pretende tirar o prédio do movimento estudantil, e reduzir nosso espaço: de maneira rápida e sem argumentos.

Houve a criação de uma comissão de reforma, que contém apenas 2 representantes discentes do DANC. As perspectivas dentro desse espaço da comissão de reforma, assim como qualquer outro institucionalizado, são nada animadoras. Pela própria composição, através de votação,
seremos facilmente vencidos. Sendo assim, fica claro que a nossa vitória somente será obtida pela mobilização dos estudantes e de todos os que lutam por uma educação e saúde públicos, gratuiros e de qualidade.

Essas atidudes da reitoria demonstram o extremo desrespeito com o movimento estudantil, o qual necessita de espaço para organizar suas lutas e necessita da garantia de autonomia, tendo um espaço só seu, para que possa ser de fato combativo. Expulsar um centro acadêmico de sua sede é deslegitimar o movimento estudantil e toda a sua luta pelos direitos dos estudantes.

Assim, tornamos pública esta moção de repúdio à tentativa da UFPR de desorganizar o movimento estudandil na medicina expulsando a gestão do DANC de sua sede.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: